Como trocar o usuário admin do seu blog WordPress

Quando criamos um blog usando a plataforma do WordPress, a melhor plataforma para criação de blogs com domínio e hospedagem própria, é criado automaticamente o usuário admin, que é o principal usuário do blog, com o perfil de administrador que tem controle total de tudo.

Nas últimas semanas tem surgido uma série de ataques, do tipo força bruta, para tentar descobrir as senhas dos usuários admin de vários blogs que utilizam a plataforma WordPress. Uma medida simples, e ao mesmo tempo importante, para aumentar a segurança de um blog é trocar o usuário admin por outro nome, assim você consegue se livrar dessa ameaça.

A forma mais fácil de se fazer isso é cadastrar um novo usuário, adicionar a ele o perfil de administrador e excluir o usuário admin, vinculando todos os posts deste ao novo usuário. O processo é simples e abaixo segue o passo-a-passo para realizar a tarefa.

Passo 1: entre na administração do seu blog normalmente, usando o usuário admin, no menu lateral esquerdo clique em Usuários -> Todos os Usuários. Você vai ver todas as contas que existe em seu blog, geralmente aparecerá apenas o usuário admin e algumas informações administrador do blog e a quantidade de posts que você já publicou.

Como mudar o usuário admin do WordPress

Passo 2: clique no botão Adicionar Novo.

Como mudar o usuário admin do WordPress

Passo 3: na página que abrir você deverá informar os dados do novo usuário no formulário, conforme a imagem abaixo. Preencha todos os dados, principalmente os marcados com seta vermelha (veja imagem abaixo), pois este usuário será o novo administrador do blog. Não se esqueça de no item Função selecionar Administrador, igual mostra a imagem abaixo. Depois de preencher todos os dados, clique no botão Adicionar novo Usuário.

Como mudar o usuário admin do WordPress

Passo 4: você voltará automaticamente para a página com a lista dos usuários e uma tarja amarela indicará que o novo usuário foi criado. Saia da administração do blog (efetuando logout).

Passo 5: entre novamente na administração do seu blog usando o novo usuário que você acabou de cadastrar, e no menu lateral esquerdo clique em Usuários -> Todos os Usuários.

Passo 6: posicione o curso do mouse em cima do usuário admin, repare que abaixo do nome aparecerá as opções editar e excluir. Clique em excluir.

Como mudar o usuário admin do WordPress

Passo 7: na tela que abrir, marque a opção Atribuir todos os posts a: e selecione o nome do novo usuário que você cadastrou (conforme imagem abaixo). Depois clique no botão Confirmar exclusão.

Como mudar o usuário admin do WordPress

Passo 8: você voltará automaticamente para a página com a lista dos usuários e uma tarja amarela indicará que o usuário admin foi excluído com sucesso!

Pronto, seguindo atentamente os passos acima, você estará aumentando a segurança do seu blog. Ter uma hospedagem própria pra um blog traz muitos benefícios e usando da forma correta aumenta os acessos e a segurança.

Observação: é sempre bom fazer um backup do seu blog antes de efetuar qualquer alteração ou instalação de qualquer plugin ou tema.

Verifique se seu site está realmente fora do ar

Nos últimos meses os provedores de acesso a internet têm enfrentado várias instabilidades, e por isso alguns dos nossos clientes podem não conseguir acessar seu site ou algum outro site muito importante.

Na maioria das vezes o problema é na empresa que fornece o seu acesso a internet. Você também pode ter tido a sua conexão bloqueada pelo firewall (sistema de segurança), do servidor onde está hospedado o site que você quer acessar, que por alguma razão bloqueou seu acesso.

Mas como ter certeza que seu site está online, mesmo se você não está conseguindo acessá-lo? Você poderá fazer essa verificação sozinho e ter certeza que o site está funcionando normalmente.

Um dos serviços gratuitos mais recomendados para se verificar a disponibilidade de um determinado site é o Host Tracker, que você poderá acessar através do endereço http://www.host-tracker.com/. Após você acessar o site da Host Tracker você deve digitar o endereço do seu site na e clicar no botão Check. Aguarde alguns instantes que o seu site será verificado de vários lugares em vários países diferentes. Se na coluna Status todas as linhas estiverem com um OK quer dizer que o seu site está funcionando perfeitamente e que o problema é na sua conexão com a internet. Em sites dinâmicos, como blogs do WordPress ou lojas virtuais, poderá aparecer o código 301 na coluna Status, e também quer dizer que o seu site está acessível.

Outro serviço recomendado é o Down For Everyone Just Me, que traduzindo para o português seria algo como “Fora do ar pra todo mundo ou só pra mim?”. Basta acessar o link http://www.downforeveryoneorjustme.com/, informar o endereço do site e clicar no link “or just me?” que ele rapidamente retornar com a respsota “is up” logo após o endereço do site pesquisado, indicando que o site está funcionando normalmente.

Seguindo as dicas acima você poderá saber realmente se o seu site está inacessível ou se o problema está na sua conexão com a internet. Se o seu site hospedado conosco aparecer como off-line ou down em algum dos sites acima, por favor, entre em contato conosco através da nossa central de atendimento para que possamos verificar imediatamente o problema.

O que é hospedagem de site?

Hospedagem de site é um serviço que cria um espaço para armazenar arquivos em um disco rígido de um servidor conectado à internet, para que os mesmos possam ser acessados através de um navegador (como o Internet Explorer, Google Chrome ou Mozilla Firefox).

Geralmente estes servidores são instalados em datacenters conectados full time (o tempo todo) à rede mundial de computadores, e tem como principal objetivo armazenar e disponibilizar recursos para que os arquivos armazenados possam ser acessados através da internet. Um datacenter é um lugar onde diversos servidores ficam ligados e conectados á rede mundial de computadores.

Esses arquivos em sua maioria das vezes são compostos de páginas web, imagens, vídeos, banco de dados e diversos outros que possam ser acessíveis através de um software instalado em seu computador. Estas páginas são desenvolvidas em linguagens de programação, as mais usadas são: HTML, PHP, JavaScript, Flash, Perl e Java.

Podemos, então, resumir que a hospedagem de site é o armazenamento de paginas que podem ser acessadas através da internet.

O serviço de hospedagem de site também é responsável pelo envio, recebimento e armazenamento de e-mail (correio eletrônico).

As empresas que disponibilizam o serviço de hospedagem de site são chamadas de provedor de hospedagem. A HospedoVC é um provedor de hospedagem que fornece toda a infra-estrutura necessária para que seu site (os arquivos armazenados no seu servidor) esteja disponível 24 horas por dia em qualquer lugar do mundo.

Oferecemos planos de hospedagem de site, e hospedagem de blog, à partir de R$5,90 mensais (para pagamento anual). Acesse o link http://www.hospedovc.com.br/hospedagem.php e encontre informações detalhadas sobre os nossos planos para você hospedar o seu site ou seu blog na HospedoVC!

Coisas que irritam o visitante do seu web site

Hoje em dia ter um blog ou um site já não é mais privilégio de ninguém. Com centenas de ferramentas de construção disponíveis, gerenciar um site ficou muito mais fácil e ao alcance de todos. É possível mudar o layout, acrescentar ferramentas e transformar as páginas em verdadeiras centrais de entretenimento.

Mas, o que muitos não percebem é que, ao entupi-lo com ferramentas e funcionalidades diversas, sem muita relação com o conteúdo, seu site poderá acabar sendo visto como um péssimo exemplo do que existe de mais irritante na web. Listamos alguns dos aspectos mais desagradáveis que uma página pode ter. Será que você se enquadra em alguma delas?

Rádios online automáticas

Imagine a seguinte situação: você está ouvindo música clássica tranquilamente no seu PC quando, ao clicar em um link e abrir um site, seu fone de ouvido é invadido por um pagode ou forró. As rádios online automáticas, vinculadas a blogs ou sites, são um verdadeiro tormento para muitos usuários.

Embora alguns proprietários de blogs tenham a intenção de oferecer uma ferramenta complementar para o usuário, é pouco provável que quem acessa queira, de fato, ouvir o mesmo estilo musical disponível em um site não relacionado ao assunto. Além disso, alguns blogs escondem as opções do player em pontos distantes da página, obrigando o usuário a fechar o site ou perder um bom tempo procurando.

Anúncios em excesso

É natural que um site precise ter muitos anúncios. Afinal essa é a principal fonte de renda para vários deles. Mas o bom senso na hora montar um layout e dispor os banners publicitários é fundamental. Alguns sites não conseguem fazer uma distinção clara do que é conteúdo e do que é propaganda.

O resultado é um amontoado de links patrocinados e banners misturados com os textos, que confunde e dificulta a leitura de qualquer postagem. O excesso de poluição visual, com dúzias de anúncios piscando no canto da tela, é outro ponto negativo, que distrai a leitura e torna o carregamento de páginas mais lento.

Links ocultos

Não há nada mais frustrante do que entrar em um site para fazer um download e não conseguir sequer encontrar um link. Problemas como esse são muito comuns. Muitos sites ganham dinheiro quando o usuário clica em anúncios de contexto e, para potencializar essa possibilidade, acabam optando pela alternativa errada de confundir o usuário.

Assim, links de download são substituídos por links patrocinados e o usuário não consegue achar o que procura. Em alguns casos, você vai constatar que a página está ali apenas para a indexação do Google, sem disponibilizar nenhum link útil para o visitante.

Obrigatoriedade de cadastro

Você encontrou uma manchete que chamou a sua atenção, mas ao clicar no link descobre que é preciso fazer um cadastro para poder lê-la. Falta de agilidade e formulários obrigatórios de cadastro não combinam com a internet. Mesmo ao optar por fazer o cadastro, o usuário acaba sendo direcionado para outras páginas e acaba perdendo o link da notícia.

Fazer com que o usuário se cadastre em vários sites só aumenta a quantidade de logins e senhas necessárias para serem memorizadas. Uma dica importante é permitir a possibilidade de login a partir de uma rede social, como o Facebook ou o Twitter.

Popups

Como mencionamos acima, os anúncios são a principal fonte de renda de um site. Contudo, colocá-los agressivamente na tela do computador do usuário tem o efeito inverso, evitando que a pessoa clique ou simpatize com a propaganda. Os popups são campeões de incômodo e irritação, obrigando o usuário a clicar para fechá-los ou esperar o final de uma animação.

Mas nem sempre o botão de fechar está claro ou disponível. Em alguns casos, é preciso realmente esperar a exibição do anúncio. Ao tentar fechá-lo o usuário acaba abrindo novas páginas, ou ainda tira o usuário do link que ele realmente tinha interesse em acessar.

Conteúdo copiado

Ninguém gosta de ler um jornal com notícias de vários dias atrás. Apenas copiar conteúdo de grandes portais não leva ninguém a lugar nenhum. Em alguns casos, quando o autor não identifica a fonte original do texto, os usuários são levados a acreditar que a informação surgiu dali.

Para quem pesquisa assuntos específicos, encontrar postagens repetidas nos buscadores já é rotina. O melhor é sempre optar pelos sites que têm maior credibilidade. É a garantia de que você vai ler a notícia com o maior número possível de detalhes.

Integração com muitas de redes sociais

Integrar um site com redes sociais é fundamental. Assim é possível aumentar a visualização do conteúdo do seu site e garantir novos visitantes. Mas é preciso ficar atento e observar um limite. Alguns blogs oferecem integração com dezenas de redes sociais, o que acaba tornando confusa a vida de quem utiliza apenas as principais redes sociais.

Leve em consideração a seguinte máxima, adotada pela Apple: menos é mais. Escolha apenas aquelas redes sociais que realmente são significativas para você. Integrar o seu site com mais de cinco é um exagero que mais confunde do que ajuda.

Espelhamentos em links de downloads

Você já deve ter tentado baixar um determinado conteúdo em algum site e, quando clicou no link de download, viu que, em vez de baixar alguma coisa, foi redirecionado para outro lugar. Sites com links espelhados, com abertura de janelas secundárias ou que obriguem o usuário a cadastrar um número de celular são comuns.

Muitos usuários desistem no meio do caminho e outros, que acabam optando pelo cadastro, diversas vezes ficam sem o link de download. E não há nada mais irritante do que ter uma experiência de usuário frustrada. Nesses casos, é quase certo que essa seja a primeira e última visita do usuário neste site.

Conclusão

Podemos concluir que apenas o bom senso já ajudaria qualquer um a não cometer nenhum desses erros, que em certos sites ou blogs podem ser considerados imperdoáveis pelo usuário, fazendo-o memorizar o site como persona non grata.

Que outros problemas o deixam irritado ao navegar pela internet? Quais são os aspectos que mais lhe desagradam quando você acessa um site? Participe deixando a sua opinião nos comentários.

Aprenda a configurar seu e-mail do Google Apps no Outlook Express

Nesta dica de hoje vamos ensinar você a baixar os seus e-mails do Google Apps para o Outlook Express. As configurações abaixo também são bem parecidas para quem utiliza o Windows Live Mail, com uma ou outra pequena diferença.

Atenção! Em todos os campos onde é citado seudominio.com.br , refere-se ao domínio do endereço do seu site sem o www na frente, como por exemplo hospedovc.com.br.

1) Abra o Outlook Express, clique no menu Ferramentas e depois escolha a opção Contas.

2) Na janela que surgir, clique na guia Email, depois clique no botão Adicionar e novamente em Email.

3) O assistente de configuração do Outlook Express será iniciado. No campo Nome para exibição digite o nome que você deseja que apareça quando for enviar uma mensagem, você pode utilizar letras maiúsculas ou minúsculas. Depois clique em Avançar.

4) No campo Endereço de email, digite o seu endereço de email com letras minúsculas e sem acentos, como por exemplo email@seudominio.com.br. Depois clique em Avançar.

5) No campo Servidor de entrada de emails (POP3, IMAP ou HTTP) digite pop.gmail.com e no campo Servidor de saída de emails (SMTP) digite smtp.gmail.com e, depois clique em Avançar.

6) No campo Nome da conta digite o seu e-mail completo e no campo Senha digite a respectiva senha do seu e-mail. Depois clique em Avançar.

7) Clique no botão Concluir para retornar à tela de Contas na Internet.

8 ) Aparecerá a conta que acabamos de configurar. Clique sobre ela e em seguida clique ao lado no botão Propriedades.

9) Selecione a guia Servidores e marque a última opção Meu servidor requer autenticação. Em seguida clique na guia Avançado.

10) Selecione a caixa próxima de Este servidor requer uma conexão de segurança (SSL) em E-mails de saída (SMTP), e digite 465 no campo E-mails de saída (SMTP).

11) Em E-mails de entrada (POP3), selecione a caixa Este servidor requer uma conexão de segurança (SSL), e digite 995 no campo E-Mails de entrada (POP3).

12) Clique em OK e depois em Fechar. Pronto!

Se você seguir corretamente os passos acima a sua conta de e-mail do Google Apps já estará configurada e pronta para ser usada no Outlook Express.

Configure seu email no Windows Live Mail

Nesta dica de hoje vamos ensinar como cadastrar a sua conta de e-mail no Windows Live Mail. As configurações abaixo também são bem parecidas para quem utiliza o Outlook Express, com uma ou outra pequena diferença.

Atenção! Em todos os campos onde é citado “seudominio”, que refere-se ao domínio do endereço do seu site, como por exemplo www.hospedovc.com.br

1) Abra o Windows Live Mail e clique no menu Ferramentas e depois escolha a opção Contas. Se a barra de ferramentas do Windows Live Mail estiver oculta, é possível visualizá-la pressionando a tecla ALT do teclado.

livemail-01

2) Na janela que surgir, clique no botão Adicionar.

livemail-02

3) Na janela que surgir, clique em Conta de Email e depois em Avançar.

livemail-03

4) Em Endereço de email, digite o endereço de email, como por exemploseunome@seudominio.com.br. Em Senha digite a senha da conta de e-mail. Em Nome para Exibição digite o nome (pessoal ou da empresa) que melhor represente o email e clique em Avançar.

livemail-04

5) Informe os dados de configuração do seu e-mail conforme indicado abaixo.

  • Em Meu servidor de entrada de emails é um servidor escolha a opção POP3.
  • Em Servidor de Entrada digite o endereço mail.seudominio.com.br, substituindo “seudominio.com.br” pelo nome de seu domínio, como por exemplo hospedovc.com.br (sem o “www” na frente).
  • Em Fazer logon usando selecione a opção Autenticação de texto não criptografado.
  • Em Identificação de Logon (se diferente do endereço de email) digite seu e-mail completo, como por exemplo seunome@seudominio.com.br.
  • Em Servidor de saída digite o endereço mail.seudominio.com.br, substituindo “seudominio.com.br” pelo nome de seu domínio.
  • Marque a opção de Meu servidor de saída requer autenticação e clique em Avançar.

livemail-05

6) Clique em Concluir para finalizar a configuração da sua conta de e-mail no Windows Live Mail.

livemail-06

7) Agora vamos fazer um ajuste fino na conta de e-mail recém cadastrada. Clique novamente no menu Ferramentas e depois escolha a opção Contas. Na janela que abrir selecione a conta de e-mail recém cadastrada e clique no botão Propriedades.

livemail-07

8 ) Na janela que surgir clique na aba Avançado e depois desmarque a opção Deixar uma cópia das mensagens no servidor. Caso a opção já esteja desmarcada não é necessário clicar nela.

livemail-08

9) Clique em OK e depois em Fechar. Pronto!

Se você seguir corretamente os passos acima a sua conta de e-mail já estará configurada e pronta para ser usada no Windows Live Mail.

Será que eu preciso de um site na internet?

Muitos pequenos empreendedores se questionam se realmente é necessário ter um site na internet. Alguns anos atrás ter um site era considerado luxo, mas hoje é uma importante ferramenta de negócios, tanto para uma pequena empresa quanto para um empreendedor individual ou um profissional liberal.

Existem diversas vantagens em se ter um site para a sua empresa ou pequeno negócio. Abaixo listamos apenas 10 das muitas vantagens em se ter um site.

1. O seu negócio aberto 24 horas do dia, durante todos os dias do ano

Ao contrário de um seu escritório ou uma loja, que tem um horário de funcionamento, o site fica acessível 24 horas por dia todos os dias do ano, não importando onde o cliente esteja. Seus clientes podem preferir buscar informações sobre seu negócio, produtos ou serviços fora do horário normal de expediente ou durante os fins de semana, por isso, ter um website na internet cria mais oportunidades de negócio.

2. Apresenta uma imagem profissional

Para um pequeno negócio, um site de internet bem construído é uma excelente maneira de induzir confiança e aparentar ser maior do que na realidade é. Atualmente, os seus clientes presumem que você já tem um site na internet, assim como seus concorrentes mais diretos provavelmente já possuem um site. Você não vai querer ficar para trás, certo?!

3. Desenvolva um marketing mais eficiente

Ao invés de investir alto para divulgar seus produtos e serviços na mídia tradicional, você poderá criar anúncios mais econômicos que façam referência ao seu site, assim você detalha ainda mais as características do seu produto ou serviço e ainda pode aproveitar para divulgar outros produtos ou serviços que você oferece.

4. O seu catálogo ou portfólio pode ser alterado a qualquer momento

Um site de internet é mais fácil, econômico e rápido de alterar do que o material impresso. As suas capacidades são quase ilimitadas e permitem-lhe fornecer mais e melhores informações para seus clientes. Você também Irá poupar dinheiro em custos de impressão e distribuição de panfletos, prospectos e cartões de visita.

5. Alcance novos mercados com uma audiência global

Na internet o seu mercado já não é apenas o local seu empreendimento está localizado fisicamente. Passa a ter o potencial para ser visto por milhões em todo o país e até no exterior. Você alguma vez imaginou que seu negócio teria a possibilidade de alcançar um mercado internacional? Pois com um site na internet pode! Sem dúvida, um website é a forma mais econômica de negociar a nível nacional ou internacional.

6. Melhore o serviço ao cliente

Ao fornecer respostas a dúvidas no seu site, vendas e pedidos de informação podem ser processados de forma automática e imediata, quer tenha alguém no escritório ou não. Formulários online podem ser utilizados para permitir aos seus clientes o pedido de orçamentos ou informações adicionais. Poupe nos custos, permitindo que possam fazer o download de propostas e outros documentos importantes.

7. Venda os seus produtos

Por que pagar aluguel, luz e todos os outros custos inerentes às instalações físicas de uma loja? Vender através de um site de internet é muito mais barato e é uma excelente maneira de complementar o seu negócio já existente.

8. Promova os seus serviços

Consultórios, imobiliárias, contadores, fotógrafos e todos os negócios orientados para a prestação de serviços devem anunciar e apresentar as suas soluções. Milhares de possíveis clientes estão à procura de sites das empresas para conhecer melhor os serviços que lhes estão disponíveis e até para decidirem qual a empresa e serviço lhes é mais adequado.

9. Recolha informação valiosa

Você pode obter informações importantes sobre o mercado e seus clientes através de enquetes online. Em vez de pesquisar por essa informação, deixe que ela venha até você. Esta ferramenta é excelente para fazer prospecção de mercado dos seus produtos e serviços.

10. Recrute funcionários e crie parcerias

Caso esteja à procura de funcionários ou de empresas que complementem seus serviços, um site na internet é uma excelente forma de fazer parcerias para construir e aumentar o seu negócio.

Aqui na HospedoVC estamos aptos a ser seus parceiros nesta nova etapa do seu empreendimento, seja pessoal ou profissional. Temos os planos de hospedagem de sites certos para atender sua demanda, seja um pequeno site institucional, um blog ou uma loja virtual.

Novos planos de hospedagem de sites com tráfego gigante e DNS redundante

HospedoVC vem divulgar a todos os novos planos de hospedagem de sites. Agora todos os planos de hospedagem de site da HospedoVC contam com DNS redundante e com tráfego gigante!

redundância do DNS ajuda a aumentar a estabilidade dos servidores da HospedoVC e, consequentemente, a garantir que o seu site ou blog fique online por mais tempo. Além disso os servidores de DNS da HospedoVC estão em cluster e não ficam mais nos mesmos servidores onde o seu site ou blog está hospedado!

Outro destaque importante é que agora todos os planos de hospedagem de site ou blog da HospedoVC possuem tráfego gigante! Tráfego, também chamado de transferência ou bandwitch, são a quantidade de bytes que seu site ou blog gera na internet. Diferente dos planos ditos “ilimitados”,a HospedoVC garante todo o espaço em disco e tráfego contratado: aqui não há dezenas de cláusulas impondo limitações absurdas, na HospedoVC você tem o que contratou!

Na HospedoVC você poderá hospedar desde simples sites feitos em HTML até sites dinâmicos feitos em PHP, JavaScript, Ajax e Flash, além do acesso a banco de dados MySQL.

Conheçam abaixo os planos hospedagem de sites da HospedoVC:

Hospedo 1
500MB de espaço em disco
10GB de tráfego gigante
R$ 5,90 mensal (valor para pagamento anual)
Contrate o plano Hospedo 1

Hospedo 2
2,5 GB de espaço em disco
50GB de tráfego gigante
R$ 9,90 mensal (valor para pagamento anual)
Contrate o plano Hospedo 2

Hospedo 3
5GB de espaço em disco
100GB de tráfego gigante
R$ 17,90 mensal (valor para pagamento anual)
Contrate o plano Hospedo 3

Hospedo 4
10GB de espaço em disco
200GB de tráfego gigante
R$ 25,90 mensal (valor para pagamento anual)
Contrate o plano Hospedo 4

Para maiores informações sobre os planos de hospedagem de sites da HospedoVC, acesse o site www.hospedovc.com.br/hospedagem.php e fique por dentro de mais detalhes sobre os planos de hospedagem de site.

Observação: Não se esqueçam que a HospedoVC oferece descontos para pagamento trimestral, semestral e anualTodos os recursos oferecidos são garantidos e podem ser usados em sua totalidade por você.

Os maiores erros em uma campanha no Facebook Ads

Compartilho com vocês um excelente artigo em um blog sobre comércio eletrônicos, onde um especialista tentar orientar que não sejam cometidos alguns erros grotescos em campanhas de marketing digital no Facebook através da sua ferramenta Ads. Se você pretende fazer uma campanha de links patrocinados no Facebook a leitura deste artigo é essencial, na verdade podemos dizer que é obrigatório para se evitar os erros mais comuns.

http://www.ecommercebrasil.com.br/artigos/os-10-maiores-erros-em-uma-campanha-de-facebook-ads/

Boa leitura!